Quem nunca se perguntou se está na hora de procurar um tratamento psicológico? A psicoterapia é um processo indicado para pessoas que o sofrimento interfere significativamente no andamento da vida. Alguns sinais podem indicar que você precisa de ajuda profissional: 1) Aumento das emoções negativas (raiva, tristeza, medo, repulsa); 2) vontade de sumir de tudo; 3) desejo de morrer; 4) falta de sentido ou propósito de vida; 5) redução do desempenho em atividades cotidianas; 6) aumento do esforço para alcançar objetivos diários; 7) seus amigos e/ou familiares falam sobre você buscar ajuda profissional; 8) aumento do consumo de medicamentos e drogas (legais e/ou ilegais); 9) aumento dos desentendimentos e aborrecimentos com familiares e/ou amigos. O que você precisa saber antes de procurar um psicólogo? Para facilitar, vamos apresentar algumas dicas:
Dica 1: Seja criterioso na escolha de seu psicólogo. Peça indicação do profissional para as pessoas de sua confiança, verifique o registro profissional junto ao conselho de psicologia, verifique se a localização do consultório e tempo de deslocamento são viáveis para você, avalie a possibilidade de atendimento online, e busque informações sobre o profissional na internet.
Dica 2: Após a escolha, entre em contato com o psicólogo e pergunte sobre as abordagens terapêuticas que ele utiliza, e sobre o tempo do atendimento. Você precisará experimentar a abordagem para decidir se você gosta dela, não dá para escolher apenas lendo sobre a abordagem. Entenda que o profissional também pode escolher a abordagem terapêutica após a avaliação inicial, que pode durar mais de um atendimento. É importante saber que sentir medo e ansiedade antes da psicoterapia é esperado, isso pode acontecer com você. A dica é: “vá com medo e ansiedade”, o quanto antes você buscar ajuda, mais fácil será a solução do problema. Viva a experiência de psicoterapia como algo novo na sua vida.
Dica 3: No primeiro atendimento, preste atenção nas perguntas do profissional, não gaste muito tempo respondendo perguntas simples, procure ser objetivo. Se surgir qualquer dúvida, pergunte. Caso não se sinta confortável em responder, diga que não se sente seguro ainda. Aja com seu psicólogo como se estivesse desenvolvendo um relacionamento com colega de trabalho que quer muito te conhecer e te ajudar. Nesse primeiro momento, durante a conversa, avalie se você sente afinidade pela personalidade dele, se ele manifesta interesse pelo seu problema, e se está motivado para te ajudar. Você falará de questões que são de sua intimidade, precisará sentir simpatia pelo profissional, e, com isso, ficará mais à vontade durante seu tratamento. Uma vez que tudo isso esteja esclarecido, tenha liberdade para falar tudo que te incomoda neste momento de sua vida, verifique a disponibilidade de seu psicólogo para os futuros atendimentos, inclusive via internet ou telefone.
Dica 4: Após o primeiro atendimento, faça, pelo menos, mais um atendimento para avaliar sua simpatia pelo profissional. Faça ao menos quatro atendimentos para avaliar se abordagem técnica, que profissional usa, corresponde às suas necessidades. As pesquisas indicam que, na maioria das vezes, resultados positivos em psicoterapia ocorrem com doze sessões ou mais, apesar de poder ocorrer antes, logo faça ao menos doze atendimentos para avaliar os resultados da técnica utilizada pelo profissional.
Dica 5: O preço cobrado pode interferir nos resultados. Compreenda que os ganhos do profissional são para o aprimoramento das habilidades profissionais, por meio de cursos, treinamentos, livros técnicos, para a manutenção e aprimoramento das instalações, materiais e equipamentos utilizados, e para o sustento do profissional. Tudo isso proporciona um atendimento cada vez melhor para os clientes. Com isso, a dica é: “se você pode pagar por um atendimento, pague”. Claro que os valores mais altos não são garantia de sucesso, mas a probabilidade é maior, quando você é atendido por um profissional mais capacitado e mais competente no que faz. Um psicólogo mais bem preparado pode fazer a diferença. Lembre-se que o atendimento social é indicado para quem não pode pagar o valor integral.
Você aprendeu neste artigo várias dicas importantes: 1) sinais de que você (ou alguém que você conhece) precisa procurar um psicólogo, 2) como escolher o seu, 3) o que perguntar a ele antes de iniciar os atendimentos, 4) como se comportar no primeiro atendimento, 5) como avaliar se o profissional serve para você, e 6) como o preço pode interferir nos resultados. Sabendo disso, você pode colocar em prática procurando um profissional ou encaminhando este artigo para alguém que pode estar precisando de ajuda. Buscar ou aceitar ajuda profissional não representa fraqueza, mas é sinal de que tem coragem de assumir as próprias limitações e dificuldades.

Compartilhe este texto com as pessoas que você acha que também podem se beneficiar.

Para entrar em contato com os autores
Gustavo Firme Rosalém: gusrosalem@hotmail.com
Rafael Balbi: contato@consultoriorafaelbalbi.com

Referências
Jardim, A. P. (2008). Influências do desenvolvimento psicológico e da personalidade na relação entre terapeutas e pacientes. Tese de Doutorado.
Jardim, A. P., & Gomes, W. B. (2009). Psicoterapia e personalidade: impacto da interação entre terapeuta e paciente na avaliação de resultados. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, 2(1), 02-11.
Jardim, A. P., de Souza, M. L., & Gomes, W. B. (2009). O self dialógico e a psicoterapia: uma compreensão dialógica da relação terapeuta-paciente. Contextos Clínicos, 2(1), 1-10.

Um comentário em “O que você precisa saber antes de procurar um psicólogo

  1. Gostei muito, estás dicas sao importantes para quem está acom início de QQ problema, e é difícil saber quando se está precisando do psicólogo..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s